quarta-feira, 26 de maio de 2010

O Beduíno e a Estrela

O Beduíno e a Estrela

A última estrela a se apagar
avista um caminhante e brilha mais forte.
Ele nem sonha que é observado
nem sabe o quanto ela quer lhe falar!
Trilha um longo caminho pontilhando pegadas.
Na areia pensa água.


Se ela falasse humanês indicaria: é por aqui!
Se ele falasse estrelês responderia: faça-me subir!
Fonte da imagem: tubaltrentino.blogspot.com