segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O primeiro beijo

Foi um selinho demorado ao chegar na esquina do colégio. Despedida esperada por meses, sonho que se fez realidade. E veio com um sorriso, com o prenúncio de acontecer novamente porque o amor estava no ar.
Era isso o que pretendiam com aquelas conversas de olhos nos olhos e nos lábios um do outro. O desejo se amontoando nos finais de semana quando não se encontravam. Doces dias da adolescência em que o frescor das descobertas amorosas os embalava entre a matemática e a física.
A sensação dos lábios dele que haviam tocado seus lábios permanecia, apesar da fala dos professores, do burburinho das colegas no recreio e do resto do dia.
A sensação dos lábios dela, que haviam correspondido ao seu beijo permanecia, apesar do papo dos colegas e das aulas de Língua Portuguesa.
Aquele beijo encantado e apaixonado marcava a vida amorosa dos jovens que depois daquele ano, não mais se encontraram. Muito mais tarde, com família constituída eles se falaram numa loja.
Como seria se tivesse me casado com ela!
Como seria se tivesse me casado com ele!
Foi bom o reencontro, por isso ficaram felizes.
Imagem: portal ZUN 
Fizeram muito bem um ao outro numa fase marcante de suas vidas.



terça-feira, 12 de janeiro de 2010

ESTUDO COMPROVA QUE CRIANÇA QUE LÊ MAIS, ESCREVE MELHOR

Escrito por Livraria da Folha
Ter, 12 de Janeiro de 2010

Está comprovado que as crianças que lêem e escrevem mais são melhores na leitura e na escrita. Escrever posts de blogs, atualizações de status, mensagens de texto, mensagens instantâneas, e outras semelhantes, motiva-as a ler e escrever. Em dezembro de 2009 o "The Nacional Literancy Trust", Fundo Nacional de Alfabetização do Reino Unido, divulgou o resultado de uma pesquisa com 3 mil crianças. Observou-se a correlação entre o engajamento das crianças com as mídias sociais e seu conhecimento da leitura e da escrita. No resultado percebeu-se que as mídias sociais têm ajudado as crianças a se tornarem mais literatas. A Eurostat, organização estatística da Comissão Europeia, recentemente publicou uma matéria mostrando a correlação entre educação e atividade online, indicando que a atividade online aumentou com o nível de atividade formal. Constatou-se que os fatores sócio-economicos influenciam potencialmente.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Poesia


TÊNIS
Guilherme de Almeida


A titia
borda e espia
o gato branco, enroscado
no feltro verde da mesa
e acordado,
com certeza.

Um novelo
cai.  E, ao vê-lo,
o gato bate na bola
e a bola, branca de neve,
pula e rola,
fofa e leve…

Silenciosa,
vagarosa,
–  uma duas angolinhas…  –
a bola solta uma lenta,
longa linha
que se aumenta.

Pouco a pouco,
no mais louco
desnorteante corrupio,
a bola desaparece.
Mas o fio
Cresce… cresce…


Guilherme de Andrade e Almeida – (SP 1890 — SP 1969). 
Advogado, jornalista, poeta, ensaista e tradutor brasileiro.